Tratamento natural para pernas cansadas

Após um intenso dia de atividade no trabalho, altas temperaturas ou apenas por um longo período de tempo, você começa a sentir desconforto nas pernas. Uso inadequado de calçados, falta de Descanse em longas horas de trabalho enquanto estiver parado, etc. E quando chegar em casa, tudo o que você quer é um banheiro e depois ir para a cama e deixá-los descansar.

É extremamente necessário que nosso sangue circule eficientemente por todo o corpo, longos períodos de tempo ou se sentar as veias das pernas deve fazer muito esforço para que o sangue aumente através deles para continuar com sua jornada e seus objetivos, você deve estar ciente da importância de tomar períodos de descanso no trabalho para caminhar e esticar os membros inferiores, evitando distúrbios circulatórios, dor e desconforto subseqüente, como inchaço das pernas. </p >

Neste artigo, falaremos de medidas simples e caseiras para aliviar nossas pernas depois de um dia pesado. Leia mais para descobrir o que são.

Existem várias plantas que podem ajudar a aliviar o desconforto ou o peso nas pernas após um longo dia.

Produtos naturais medicinais

  • Malva: útil para aliviar a dor e a inflamação. Você pode beber a infusão de uma colher por xícara e beber 2 ou 3 vezes ao dia.
  • Camomila: Diurético suave, estimula a eliminação de fluidos corporais, eliminando o desperdício. Infusão de uma colher de flores secas por copo de água, beba 2 a 3 vezes por dia.
  • Alecrim: excelente para tratar a dor muscular. Adicione um copo de água fervente a uma colher de chá de folhas de alecrim, deixe em repouso pelo menos 10 minutos e beba.
  • Gengibre: ajuda a melhorar o fluxo sanguíneo, tem propriedades analgésicas por que é eficaz para aliviar a dor muscular. Você pode beber infusão de gengibre e também incluí-lo em sua dieta.
  • Cauda de cavalo: é diurético, poderoso desinflamatório. Execute decocção por 30 minutos de 100 gramas de planta seca por litro de água. Pegue um par de xícaras por dia.

Lembre-se sempre de que não deve abusar do uso destas ervas, tenha especial cuidado se estiver sob tratamento médico, durante a gravidez ou a lactação. Consulte o seu médico se tiver alguma dúvida.

Dentro das medidas naturais e caseiras, podemos fazer banhos de água morna aos quais podemos adicionar sais marinhos, ou mesmo ervas com propriedades analgésicas e antiinflamatórias. Levantar as pernas também é apropriado para que, dessa forma, os líquidos possam circular novamente de maneira normal, diminuindo o inchaço nas pernas. Evite roupas ou meias muito apertadas e reduza a ingestão de sal, pois irá acumular mais líquidos desnecessários em seu corpo.

Massagens …

As massagens ajudam muito, porque têm efeitos relaxantes e analgésicos e melhoram a circulação. Você pode aproveitar o creme que você usará para colocar algumas gotas de óleo essencial de arnica por efeitos analgésicos e antiinflamatório, além de estimular a circulação periférica quando aplicado externamente. O óleo essencial do cipreste também pode ser benéfico porque tem efeitos anti-inflamatórios, ajuda a descongestionar as veias. O óleo essencial do juniper é útil para dor muscular devido a efeitos analgésicos, anti-reumáticos e para evitar a retenção de líquidos. Se suas pernas estão bastante inchadas, seria melhor optar por drenagem linfática realizada por um profissional treinado. As massagens devem ser moles e aumentar gradualmente a pressão sem causar dor, para relaxar gradualmente os músculos.

A atividade física nunca pode ser deixada para fora lembre-se de que, se você manter seu corpo ativo, será mais forte e mais resistente ao desconforto ou dor causada neste caso, especialmente nas pernas.

hidrata seu corpo, desintoxica e elimina resíduos com o purificador por excelência: água, não privar seu corpo de seus efeitos positivos.

Nota:

Se o desconforto nas pernas não parar, outros sintomas aparecem ou pioram, não hesite e consulte um especialista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *