Tratamento de doenças com pedras de cura

Você sabia que existem quase 30 tipos diferentes de pedras às quais são atribuídas propriedades “curativas”? A gemoterapia, por exemplo, é uma técnica cada vez mais popular usada para tratar diferentes doenças aplicando pedras em várias temperaturas. No seguinte artigo, convidamos você a aprender mais sobre pedras de cura.

Poderes das pedras

Desde a antiguidade, as pedras são usadas para proteger de males e doenças. Embora muitos considerem que isso é simplesmente uma crença popular, a verdade é que eles são atribuídos propriedades curativas em muitas culturas. Conheça as pedras de cura e suas ações.

  • Ágata. Pertence à família de quartzo e há cores diferentes, com listras ou camadas. Suas propriedades incluem: ajuda a melhorar os problemas digestivos e equilibrar o emocional. Existem diferentes tipos de ágatas, cada uma com seus benefícios. A ágata amarela relaxa o sistema nervoso e proporciona equilíbrio emocional; ágata azul oferece serenidade, perseverança e intuição; a ágata carnal favorece a concentração e está relacionada à sexualidade e ao baço; A ágata de fogo fornece energia sexual e ajuda nos problemas da coluna vertebral; a ágata marrom aumenta a energia; a ágata lila foi usada para picadas de insetos e a ágata verde está relacionada ao coração, fígado e vesícula biliar.
  • Amethyst. Serve para parar adições, ajuda em partos difíceis, para tratar problemas de pele, doenças genitais, enxaqueca, espasmos e reduzir o estresse. É violeta em todas as suas sombras (mais clara e mais escura). Favorece o crescimento das plantas, é útil na meditação e, também, para resolver problemas profundos.
  • Amazonite. Serve para relaxar o pescoço e a coluna vertebral, espasmódico, alivia a dor da cabeça (faça movimentos circulares com a pedra na área), tem efeitos calmantes sobre as mulheres grávidas e o coração. Foi usado para proteger-se de picadas de insetos venenosos. É verde com linhas brancas principalmente.
  • Amber. Alivia dores de cabeça e enxaquecas, tensões nas costas e no pescoço, asma e bronquite, problemas gastrointestinais, febre, surdez, malária, hemorragias nasal, catarro, doenças da bexiga, bócio, inflamação das amígdalas, cáries, gengivite e sangramento das gengivas. Na verdade, é um mineral e não uma pedra, cor amarela dourada transparente.
  • Citrino (ou topázio brasileiro). Cura problemas intestinais e cutâneos devido ao estresse, Doenças do pâncreas, do sistema nervoso e do endócrino. É indicado em pacientes com insuficiência renal ou diabetes. É marrom ou dourado, da família de quartzo.
  • Quartz. As propriedades desta pedra estão intimamente ligadas à energia, também ajuda o corpo a se curar o mesmo. Recomenda-se transportar um quartzo a cada dia para se recuperar de uma cirurgia ou doença e estimular o sistema imunológico. É ideal para processos de autocuração e para ajudar nas recuperações. O quartzo é branco, rosa, verde ou azul, pode ser transparente ou não. Ele é usado em relógios, eletrônicos e várias tecnologias.
  • Coralina. No antigo Egito eles foram usados ​​para promover Harmonia e paz, ajuda a eliminar a depressão, aumenta a energia sexual e previne doenças da pele. Também é usado para controlar a pressão arterial, anemia, doenças dos olhos ou ouvidos. Isso serve para reduzir dores menstruais ou parto. Pode ser de várias cores, como vermelho, rosa, marrom e laranja.
  • Esmeralda. As variações opacas são recomendadas para problemas de circulação. Neutraliza as energias negativas, ajuda a tratar a garganta inflamada.
  • Hematite. Melhora o sistema circulatório e tudo relacionado ao sangue, como hemorragias ou anemias. Também é bom tratar problemas nos rins, baço e fígado, sistema digestivo, tumores, cistos ou câncer de mama ou ovário, enxaqueca, espasmos, tensão no pescoço e nas costas, câncer de próstata, regeneração tecidual, usado para recuperar de cirurgias e É um excelente descongestionante.
  • Jade. Tem efeitos curativos na bexiga, nos olhos e nos rins. Os astecas a consideraram uma pedra poderosa para curar doenças renais. Também serve para tratar infertilidade, neuralgia, enxaquecas, herpes, cólicas, icterícia, gripe, distúrbios gástricos e complicações digestivas. Embora se acredite que é apenas verde, também há jades amarelas, brancas, pretas, cinza, rosa e violeta.
  • Jasper. É vermelho acastanhado, atua na coluna vertebral, é bom para tratar problemas de fígado, infecções, náuseas, apetite excessivo na gravidez, ajuda a aliviar as dores na parte inferior do abdômen pela menstruação e é uma verdadeira torrente de energia física do centro da terra.
  • Pirita. É amplamente utilizado na homeopatia, especialmente para doenças relacionadas ao trato respiratório, como amigdalite e gripe. Ele serve para oxigenar o sangue e normalizar os distúrbios circulatórios, curar a gastrite e os problemas do sistema digestivo, ativa o funcionamento do fígado.
  • Rhodochrodite. Purifica o sangue, ativa o sistema circulatório e serve para tratar problemas psicológicos. É usado em crianças com problemas respiratórios. Também é eficaz para curar feridas causadas por acidentes ou tratamentos oculares, infecções nas unhas, doenças como câncer ou complicações no fígado. Evite o estresse e é rosa com pastéis, do grupo de minerais.
  • Turmalina. Relaxa o sistema nervoso, promove o equilíbrio emocional, é eficaz na eliminação da depressão, alivia as dores de quimioterapia ou cancros terminais, bem como dores agudas. É usado para equilibrar as secreções hormonais e para curar cálculos renais.